Luxemburgo. Escolha de Jaime Nogueira Pinto para conferência sobre 25 abril gera controvérsia
Radio Latina 02.04.2024
50 anos 25 de Abril

Luxemburgo. Escolha de Jaime Nogueira Pinto para conferência sobre 25 abril gera controvérsia

Foto: Lusa
50 anos 25 de Abril

Luxemburgo. Escolha de Jaime Nogueira Pinto para conferência sobre 25 abril gera controvérsia

Foto: Lusa
Radio Latina 02.04.2024
50 anos 25 de Abril

Luxemburgo. Escolha de Jaime Nogueira Pinto para conferência sobre 25 abril gera controvérsia

A escolha de Jaime Nogueira Pinto para uma conferência-debate sobre o 25 de abril, no Luxemburgo, está a gerar várias reações negativas na comunidade.

O politólogo, historiador e escritor português é conotado com a extrema-direita e com o antigo regime. Mesmo assim faz parte da escolha da Embaixada de Portugal no Luxemburgo, juntamente com o historiador Fernando Rosas, para um evento sobre a revolução que pôs fim ao antigo regime.

Um dos críticos é o responsável do Departamento de Imigrantes da central sindical OGBL e antigo conselheiro das Comunidades Portuguesas. Eduardo Dias disse à Rádio Latina que esta escolha da Embaixada "não tem cabimento", porque promove a extrema-direita e o fascismo.

A Rádio Latina confrontou o embaixador de Portugal no Luxemburgo, Pedro Sousa e Abreu, sobre as críticas à escolha de Jaime Nogueira Pinto. Na resposta por email, a Embaixada explica que "há 50 anos foi definitivamente adquirido em Portugal o integral direito à liberdade de consciência, de opinião e de expressão" e que este evento "não pode ser negado nem limitado".

A Embaixada de Portugal refere ainda que o público terá a possibilidade de, "em total liberdade", enriquecer os seus conhecimentos e tirar as suas próprias conclusões.

Já Eduardo Dias defende que nesta data não deve haver opiniões diferentes, que ponham em causa as conquistas do 25 de abril.

A conferência-debate está marcada para o dia 23 de abril, no Cercle Cité, na capital, pelas 18h30. Será moderado por Régis Moes, conservador no Museu Nacional de Arqueologia, de História e de Arte.

Artigo: Henrique de Burgo | Foto: D.R.