Trabalhadores estrangeiros ganham menos 14% do que os luxemburgueses
Radio Latina 12 min. 09.07.2024
Atualidade em síntese 09 JUL 2024

Trabalhadores estrangeiros ganham menos 14% do que os luxemburgueses

Atualidade em síntese 09 JUL 2024

Trabalhadores estrangeiros ganham menos 14% do que os luxemburgueses

Foto: Guy Wolff
Radio Latina 12 min. 09.07.2024
Atualidade em síntese 09 JUL 2024

Trabalhadores estrangeiros ganham menos 14% do que os luxemburgueses

Quer residam no Luxemburgo ou nos países fronteiriços, os trabalhadores estrangeiros têm salários mais baixos do que os trabalhadores luxemburgueses.

Um trabalhar estrangeiro a residir no país ganha menos 14% do que um luxemburguês. Já o salário de um transfronteiriço é 29% inferior ao de um luxemburguês. Trata-se de uma média salarial referente a 2022 e calculada pelo Instituto Nacional de Estatística (Statec).

O Statec revela que os ordenados dos luxemburgueses ultrapassam os dos estrangeiros na maioria dos setores de atividade, mas há exceções. Já que nos setores do comércio, financeiro e em atividades especializadas, científicas e técnicas, os salários dos estrangeiros superam a dos trabalhadores luxemburgueses. No caso dos transfronteiriços é nos setores da saúde e da ação social que estes ganham mais do que os luxemburgueses.

Em 2022, um trabalhador com contrato a tempo inteiro ganhava em média 75.919 euros brutos por ano. Este montante corresponde ao conjunto de rendimentos, ou seja, para além do salário é contabilizado ainda os subsídios, horas suplementares, 13º mês ou ainda bónus de fim de ano. Globalmente, os salários aumentaram 15,4% entre 2018 e 2022.


Grão-Duque Herdeiro toma posse como tenente-representante a 8 de outubro

É oficial. O Grão-Duque Herdeiro, Guillaume, vai ser nomeado e tomar posse como tenente-representante (representante dos interesses e aspirações do país em assuntos de importância nacional e internacional) no dia 8 de outubro. A revelação foi feita esta terça-feira, pelo Ministério de Estado.

A assinatura do decreto de nomeação pelo Grão-Duque Henri será feita na tarde do dia 8 de outubro, no Palácio Grão-Ducal. Segue-se a tomada de posse do Grão-Duque Herdeiro na Câmara dos Deputados, tal como previsto na Constituição.

Este é o procedimento que antecede a sucessão ao trono. Até que Guillaume possa vir a tornar-se Grão-Duque do Luxemburgo, poderão passar ainda três anos.

O início do processo de transição acontece depois do inesperado anúncio de abdicação do Grão-Duque Henri, durante o seu discurso oficial no Dia Nacional, 23 de junho.


Há aulas de apoio escolar durante as férias de verão

As escolas públicas do Luxemburgo vão voltar a oferecer aulas de apoio gratuitas aos alunos interessados em recuperar possíveis atrasos escolares. Trata-se da Summerschool (escola de verão, em português).

O Ministério da Educação refere, em comunicado, que os cursos de verão vão decorrer nas escolas primárias entre os dias 3 e 13 de setembro e nos liceus, entre 2 e 13 de setembro.

Nas escolas primárias, os alunos podem escolher aulas de apoio de matemática, alemão ou francês, consoante o seu ciclo (2, 3 ou 4). O pedido tem de ser feito ao atual professor.

No ensino secundário, os alunos têm dois tipos de cursos de apoio: um para quem precisa de fazer um exame de recurso em setembro (para as disciplinas de alemão, inglês, francês, matemática, biologia, ciências naturais, química ou física) e outro para quem precisa de melhorar algumas matérias (nas disciplinas de alemão, inglês, francês ou matemática). Os alunos dos liceus podem inscrever-se, no máximo, em dois cursos e as aulas podem durar até cinco dias por aluno.

As inscrições podem ser feitas na secretaria de cada escola até ao dia 17 de julho. O Ministério da Educação tem disponível uma linha telefónica de apoio para os pais e alunos (8002-9090).


Combustíveis e bens alimentares baixam de preço

Em junho de 2024, o índice nacional de preços no consumidor calculado pelo Statec desceu 0,1% em relação ao mês anterior de maio. Esta variação é explicada por uma descida dos preços dos produtos petrolíferos, conjugada com uma descida dos preços dos bens alimentares.

Pelo segundo mês consecutivo, os preços dos produtos petrolíferos desceram. Agora com uma média de 1,8%, quando comparado com maio. A maior descida foi registada na gasolina, com -3,2%, o gasóleo baixou -1,4%, enquanto o gasóleo de aquecimento baixou -2,1%. Mas comparado como junho do ano passado, os preços dos produtos petrolíferos continuam a ser 0,5% mais elevados.

Os preços dos produtos alimentares também baixaram, em média, 0,4%. Em junho, os consumidores pagaram -3,9% nos alimentos para bebés, -2,6% na fruta fresca (-2,6%) e -0,7% no queijo. No entanto, houve artigo em alta, como o azeite, que aumentou 4,1%, as batatas fritas (+3,2%) e o marisco fresco (+3,2%). Já no espaço de um ano, os preços dos produtos alimentares aumentaram 1,6%. Ainda segundo os números do Statec, os consumidores também pagaram mais por pacotes de férias (+10,9%), mas os transportes aéreos diminuíram 12,8%.

A taxa de inflação anual situou-se em 2,2%, em comparação com 2,6% no mês anterior.


Mais empresas criadas e mais apoios estatais em 2023

O número de empresas criadas aumentou no ano passado no Luxemburgo e os apoios públicos também. No entanto, houve menos pedidos de auxílio estatal e menos licenças de estabelecimento. Estas são as principais conclusões do relatório de 2023 da "Direção-Geral das PME, do Artesanato e do Comércio", apresentado pelo ministro da tutela, Lex Delles.

Os resultados de 2023 mostram que os pedidos de licenças de estabelecimento diminuíram 6% face a 2022. Em números absolutos, no ano passado houve 11.798 pedidos, contra 12.566 no ano precedente.

Quanto aos pedidos de certificados de declaração prévia, que permitem às empresas transfronteiriças prestar serviço no Luxemburgo, houve um aumento de 4% face a 2022. No passado houve 5.053 solicitações, enquanto em 2022 foram 4.851. Em média, estes dois tipos de processos foram tratados em cinco dias. No que diz respeito à criação de novas empresas, foram registadas 5.622 novas firmas. Fazendo as contas entre o número de empresas criadas e o número de empresas encerradas (4.574) houve um saldo positivo de 1.048 novas empresas.

Sobre os auxílios estatais tradicionais às empresas, o número de pedidos diminuiu de 1.387 em 2022 para 1.305 em 2023. Mas quanto aos montantes concedidos aumentaram em cerca de 10 milhões de euros, atingindo um total de 28,8 milhões de euros.


Construção. Trabalhador ferido em estaleiro perto de Dippach

Um trabalhador da construção sofreu um acidente de trabalho na segunda-feira, num estaleiro perto de Dippach. Segundo notícia avançada pela RTL, o acidente aconteceu por volta das 14h30, nas obras da circular de Dippach, nas imediações de Bettange-sur-Mess. Levou a uma “importante mobilização de meios de socorro”.

O canal luxemburguês adianta que o homem “estava num buraco quando foi atingido num ombro por um objeto, “provavelmente uma barra de ferro”. Não são conhecidos mais detalhes sobre o estado de saúde da vítima.

O trabalhador foi socorrido no local pela Corporação Grã-Ducal de Incêndio e Socorro (CGDIS). Foi depois levado para o hospital. Sabe-se também que uma equipa da Inspeção do Trabalho e das Minas (ITM) esteve no local. 


Violência doméstica. Serviço de medicina-legal já fez 15 exames este ano 

A Unidade Médico-Legal de Documentação das Violências, a Umedo, já fez 15 exames a alegadas vítimas desde o início do ano, segundo dados revelados pela ministra da Justiça, Elisabeth Margue. A Umedo é um serviço com médicos especializados, abrangidos pelo sigilo médico. A sua função é recolher e documentar indícios de violência física e sexual para que a vítima disponha de toda a documentação necessária para apresentar queixa.

Na resposta a uma questão parlamentar, a governante indica que a polícia não faz a recolha do número de queixas apresentadas após o procedimento. No entanto, revela que “em cerca de 20% dos casos examinados até à data, uma cópia dos documentos foi entregue sobretudo a pedido das pessoas e lesadas e raramente (três casos) de forma direta à polícia ou ao Procurador-geral após o levantamento do segredo profissional”.

A governante revela ainda que, em 2023, foram realizados 22 inquéritos, tratando-se do nível mais elevado que, segundo diz, se deve a “uma maior visibilidade” do serviço.


Luc Frieden e Xavier Bettel nos 75 anos da NATO

O primeiro-ministro, Luc Frieden, e o ministro dos Negócios Estrangeiros, Xavier Bettel, vão participar na cerimónia dos 75 anos da Aliança Atlântica (NATO) e na sua cimeira, a ter lugar em Washington, nos Estados Unidos, entre esta terça e quinta-feira.

À parte da celebração dos 75 anos de aniversário, a agenda da cimeira incluiu os esforços de dissuasão e defesa coletiva da NATO, bem como o financiamento do organismo e a partilha de encargos.

Luc Frieden e os seus homólogos vão ainda discutir o futuro da indústria de defesa euro-atlântica e a abordar o apoio militar da NATO e dos Aliados à Ucrânia. 


José Luís Correia apresenta novo livro no Luxemburgo 

O escritor José Luís Correia vai apresentar o seu novo livro "Pássaros de Fogo - Uma História de Amor", esta terça-feira, pelas 19h, no Camões - Centro Cultural Português, em Merl (4, place Jospeh Thorn), na capital.


José Luís Correia
José Luís Correia apresenta segundo livro na Feira do Livro de Lisboa
Quatro anos depois, José Luís Correia regressa à Feira do Livro de Lisboa para apresentar mais uma obra. Depois do romance, agora é a vez da poesia.

O livro de poesia, com poemas eróticos, cartas de amor, entre outros géneros textuais, já tinha sido lançado na Feira do Livro de Lisboa, no dia 14 de junho. Tal como garantido na altura, em entrevista à Rádio Latina, a apresentação é feita agora no Luxemburgo e estará a cargo de São Gonçalves, poetisa e autora portuguesa residente no Grão-Ducado.

"Pássaros de Fogo", da editora Oxalá, é a segunda obra do antigo jornalista José Luís Correia. Há quatro anos lançou o seu primeiro livro, o romance "Os Cadernos do Gaspar - Diário erótico de Alexandre Gaspar W."

José Luís Correia nasceu no Luxemburgo em 1973 e viveu em Portugal entre 1984 e 1992. Cursou História nas universidades do Luxemburgo e de Estrasburgo. Ingressou no jornalismo através de rádios locais em Faro e no Grão-Ducado. Foi jornalista e chefe de redação do jornal Contacto entre 1997 e 2016. Depois, ingressou no sindicato OGBL. 


Líder da União Nacional à frente de novo grupo de extrema-direita no PE

O líder da União Nacional, Jordan Bardella, que era apontado como o possível próximo primeiro-ministro de França, vai ser o presidente dos Patriotas pela Europa, o novo grupo de extrema-direita no Parlamento Europeu (PE).

O anúncio foi feito depois de uma reunião com os eurodeputados que constituirão este novo grupo político, que se realizou no Parlamento Europeu, em Bruxelas.

Os Patriotas pela Europa é uma família política que nasceu depois das eleições europeias de junho e surgiu por iniciativa do primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán, depois de o seu partido ter saído do Partido Popular Europeu (PPE).


Presidente francês recusa demissão de primeiro-ministro

O Presidente francês, Emmanuel Macron, recusou hoje a renúncia do primeiro-ministro do país, pedindo-lhe que permaneça temporariamente como chefe do Governo, após a reviravolta nas eleições legislativas de domingo.

O primeiro-ministro francês, Gabriel Attal, foi hoje ao palácio presidencial para apresentar a sua renúncia, mas garantiu que poderia permanecer no cargo durante os Jogos Olímpicos de Paris ou por mais tempo, se fosse necessário.

Os resultados da votação de domingo aumentaram o risco de paralisia governamental da segunda maior economia da União Europeia (UE).


Ataques de Israel no norte de Gaza obrigam deslocação de civis

Centenas de famílias abandonaram os bairros de Tuffah, Daraj e Cidade Velha da Cidade de Gaza em direção ao mar após o alerta de Israel que bombardeou hoje várias zonas do norte do enclave palestiniano.

De acordo com órgãos de comunicação social palestinianos, citados hoje pela agência EFE, morreram pelo menos três pessoas após os últimos bombardeamentos de Israel.

Fontes de Gaza disseram à EFE que a capital do enclave foi alvo de intensos bombardeamentos durante a noite atingindo sobretudo a zona sudoeste da cidade. 


Euro2024 entra nas meias-finais

França – Espanha é a primeira meia-final do Euro2024. O jogo tem pontapé de saída marcado para as 21h00 desta terça-feira, em Munique.

Após ter eliminado a seleção de Portugal na sexta-feira, nos quartos de final, nas grandes penalidades, a França defronta, esta terça-feira a Espanha que eliminou o país anfitrião do evento, a Alemanha.

A outra meia-final do torneio da UEFA realiza-se na quarta-feira, em Dortmund, opondo a Inglaterra aos Países Baixos.

A final está agendada para 14 de julho, às 21 horas, em Berlim.


Luxemburgo com mais um atleta para os Jogos Olímpicos de Paris

O Luxemburgo vai ter mais um atleta nos Jogos Olímpicos de Paris. Trata-se de Ruben Querinjean, especialista na prova de três mil metros com obstáculos.

Com mais este atleta, a delegação luxemburguesa fica com 13 integrantes. Até agora o Comité Olímpico e Desportivo Luxemburguês divulgou os nomes dos ciclistas Alex Kirsch e Christine Majerus, da atleta dos 1.500 metros Vera Hoffmann e dos tenistas de mesa Xia Lian Ni, Sarah De Nutte e Luka Mladenovic.

Participam ainda Bob Bertemes, no lançamento de peso, Nicolas Wagner, na equitação, Patrizia Van der Weken, no atletismo, Jeanne Lehair, no triatlo, Pit Klein, no tiro ao arco, e Ralph Daleiden na natação.

Os Jogos Olímpicos de Paris decorrem entre 26 de julho e 11 de agosto de 2024.


Notícias relacionadas