Associação dos inquilinos pede que as rendas sejam limitadas
Radio Latina 6 min. 11.07.2023 Do nosso arquivo online
Atualidade em síntese 11 JUL 2023

Associação dos inquilinos pede que as rendas sejam limitadas

Atualidade em síntese 11 JUL 2023

Associação dos inquilinos pede que as rendas sejam limitadas

Radio Latina 6 min. 11.07.2023 Do nosso arquivo online
Atualidade em síntese 11 JUL 2023

Associação dos inquilinos pede que as rendas sejam limitadas

Segundo o portal imobiliário atHome, as rendas aumentaram 11,5% no segundo trimestre deste ano.

A associação de defesa dos direitos dos inquilinos (Mieterschutz, em alemão) teme que a crise na habitação piore face à situação tensa que se vive atualmente no setor da construção.

Em declarações ao jornal Le Quotidien, o presidente da associação, Jean-Michel Campanella, alertou que enquanto o Estado está a tentar acelerar a construção de alojamentos a um preço acessível, através de investimento privado, os preços das rendas continuam a aumentar.


AtHome. Preço de venda imobiliária diminui e rendas aumentam
Em comparação com o segundo trimestre do ano anterior, os preços das casas e apartamentos diminuíram 7,5%. Do lado das rendas, estas aumentaram em média 11,5%.

Daí o presidente apelar aos partidos políticos para que se posicionem claramente nesta temática, que tem de ser encarada como uma prioridade absoluta.

Mas enquanto não há solução viável à vista, Jean-Michel Campanella frisa que é preciso criar um instrumento para controlar as rendas. Segundo o portal imobiliário atHome, as rendas aumentaram 11,5% no segundo trimestre deste ano. Daí a questão: porque é que o Governo não limita os valores das rendas como fez com os preços da energia? A associação defende que o aumento das rendas deve ser limitado a 5%, pelo menos até que se encontre uma solução.


Três polícias da capital detidos. São acusados de violência e falsificação

Três agentes da polícia da esquadra da Cidade do Luxemburgo foram detidos na segunda-feira pela Inspeção-Geral da Polícia, no âmbito de uma investigação judicial. São acusados de violência policial, agressão agravada, obstrução à justiça e falsificação.

Segundo um comunicado do Ministério Público, os atos de que os três polícias são suspeitos estão relacionados com violência policial exercida sobre uma pessoa alcoolizada durante um procedimento para a colocar numa cela de recuperação.

"O Ministério Público recorda que, de acordo com o princípio da presunção de inocência, qualquer pessoa acusada de uma infração é considerada inocente até que a sua culpabilidade seja legalmente provada".

A investigação da Inspeção-Geral da Polícia continua.


Vários peixes mortos em rio de Esch-sur-Alzette. Calor pode ser o culpado

Uma grande quantidade de peixes mortos no rio "Dipbech" em Esch-sur-Alzette foi reportada às autoridades na segunda-feira, obrigando à intervenção das autoridades da cidade e agentes da Administração de Gestão de Águas.

Segundo comunicado oficial, foram recolhidas amostras de água e os peixes mortos retirados.

Na origem do incidente poderá estar o calor. Na nota, a administração da água indica que, com “as altas temperaturas e o baixo nível da água, o nível de oxigénio do rio caiu drasticamente e provavelmente causou a morte dos peixes". Não foram detetados indícios de poluição.

O organismo pede aos cidadãos para que, em casos destes notifiquem as autoridades através do número 112.


Horeca entre os setores com menos dias de férias

A Horeca e comércio estão entre os setores com menos dias de férias. Porquê? Porque, tal como acontece a cerca de metade dos trabalhadores no Luxemburgo, os trabalhadores daqueles setores – à exceção de algumas empresas – não estão abrangidos por um contrato coletivo de trabalho (CCT), como referiu à Rádio Latina Jean-Luc-de Matteis, do sindicato OGBL.

“As empresas cobertas por um CCT obtêm um maior número de férias anuais. É uma evidência”, indica a LCGB. “O setor da saúde dispõe do maior número de dias de férias ligadas ao CCT (mais próximo dos 40 do que dos 26). A seguir, aparece o setor da indústria  que dispõe de uma média de cerca de 30 dias. As empresas do setor do comércio cobertas por um CCT também”, acrescenta o sindicato cristão. Oiça aqui as declarações dos sindicalistas.


Calor. Aviso amarelo para o norte e laranja para o sul

Alerta amarelo para o norte do Luxemburgo e laranja para o sul devido às temperaturas elevadas. O Instituto luxemburguês de meteorologia emitiu um aviso de perigo potencial para a região norte face à previsão de temperaturas entre os 30 e os 33 graus.


Luxemburgo pronto para enfrentar vaga de calor
O plano canícula é composto por quatro fases, sendo que atualmente o país está na primeira fase, que é a de preparação.

No sul, as máximas vão variar entre os 32 e os 35, podendo mesmo ultrapassar os 35 no vale da Mosela e em algumas áreas urbanas. Razão pela qual está em vigor um aviso laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro.


Gasolina 98 vai ficar mais cara

A gasolina 98 octanas vai subir de preço à meia-noite.

Este combustível é o único a registar mudanças, aumentando 1,6 cêntimos por litro.

A gasolina sem chumbo de 98 octanas vai passar a ser vendida a 1,773 euros por litro.


Schueberfouer. As principais datas da edição de 2023

É já no mês que vem que arranca a próxima edição da Schueberfouer, a maior feira popular do Luxemburgo e arredores. A feira vai estar instalada no parque de estacionamento do Glacis, em Limpertsberg, de 23 de agosto a 11 de setembro. São esperados entre 1,5 e 2 milhões de visitantes, de acordo com a City, a revista oficial da cidade do Luxemburgo.

Na edição de julho e agosto, a revista dedica várias páginas à Schuberfouer lembrando as principais datas a reter. Entre elas estão o dia 23 de agosto, dia da abertura da feira e o dia 29 de agosto, dia em que os burgomestres estarão a servir às mesas.

O ‘Dia da família’, em que as atrações são até 30% mais baratas calha a 30 de agosto. No dia seguinte, a feira acolhe o tradicional ‘Dia das Rainhas’, em que as rainhas das vindimas visitam a feira. Leia aqui o artigo na íntegra.


Stoltenberg diz que cimeira da NATO "já é histórica antes de começar"

E esta manhã, antes do arranque da cimeira da Nato, que decorre hoje e amanhã em Vilnius, na Lituânia, o secretário-geral da Aliança, Jens Stoltenberg, disse que a cimeira "já é histórica antes de começar”.

Num fórum público da NATO, antes de arrancarem os trabalhos, Stoltenberg referiu-se à decisão, na segunda-feira, do Presidente da Turquia sobre o envio o quanto antes do protocolo de adesão da Suécia à NATO, para que seja ratificado pelo parlamento, considerando que a cimeira é desde já um momento histórico.

Stoltenberg foi ainda questionado sobre a polémica do envio de bombas de fragmentação dos EUA para a Ucrânia, começando por dizer que "o fornecimento de munições é um desafio".

Até agora, os países aliados enviaram bilateralmente munições para a Ucrânia mas tal não é sustentável a longo prazo, defendeu, sendo necessário o reforço da produção.

Textos: Redação Latina | Lusa / Foto: Chris Karaba

 


Notícias relacionadas

Rapport « Les représentations du genre dans les manuels scolaires — cycle inférieur de l'enseignement secondaire » mat Interview mat enger vun den Autorinnen, Sylvie Kerger vun der uni.lu , Bücher , Maison des sciences humaines Esch-Belval Esch-sur-Alzette , Foto: Sandra Packard / Luxemburger Wort
Em 2022 houve uma queda nas vendas de automóveis no país, mas os elétricos aumentaram.
O Luxemburgo é o país da UE onde os trabalhadores possuem o maior risco de cair na pobreza, sobretudo os imigrantes e os jovens.
An automatic pay rise was triggered in February, and another one is already scheduled for April, due to spiralling inflation
La Gëlle Fra est considérée comme un symbole de l'indépendance et de la liberté du pays.